segunda-feira, 25 de julho de 2016

A Lenda de Tarzan


Elenco: Alexander SkarsgårdMargot RobbieChristoph WaltzSamuel L. JacksonDjimon HounsouElla PurnellJim Broadbent e Casper Crump. Direção: David Yates

Sinopse: Releitura da clássica lenda de Tarzan, na qual um pequeno garoto órfão é criado na selva, e mais tarde tenta se adaptar à vida entre os humanos. Na década de 30, Tarzan, aclimatado à vida em Londres em conjunto com sua esposa Jane, é chamado para retornar à selva onde passou a maior parte da sua vida onde servirá como um emissário do Parlamento Britânico.


Tarzan sempre será um dos personagens que terão refilmagens atrás de refilmagens conforme os anos passam. Isso de certa forma imortaliza este grande ícone do cinema e das histórias em quadrinhos. Algumas obras tiveram uma imensa qualidade e outras foram de grande fracasso.

Lembro do primeiro filme do personagem: Greystoke: A Lenda de Tarzan, filme de 1984, estrelado por Christopher Lambert que na época mal falava inglês (o que alias foi positivo para sua atuação). Aquele filme em particular, foi respeitado pela crítica e hoje é muito cultuado, muitos diziam ser o melhor filme do Tarzan de todos os tempos. Em 1999, surgiu a animação da Disney, um belo filme que atraiu o público mais jovem da época e o fez ser lembrado novamente.

Desde o filme de 1918 (isso mesmo, pasmem), dificilmente falamos algo negativo sobre as obras cinematográficas do personagem, o que podemos falar sobre A Lenda de Tarzan?

Quando anunciaram o filme, ganhou meus pontos positivos já no trailer, onde podemos ver a presença de Christopher Waltz que atualmente é um dos grandes ícones do cinema (2 oscares) e já me tornei fã do ator. Os efeitos especiais são competentes dentro de uma limitação, infelizmente soam artificiais em determinados momentos e as cenas de floresta abordam muito bem o universo do personagem, mas aparece um pouquinho falsa as vezes. Os animais são digitalizados, mas estão perfeitos, muito podemos elogiar a atuação de atrizes e atores que fazem a captação de movimentos.

Sempre vou ser mais chato sobre o roteiro, que para mim, não basta o filme ter cenas espetaculares de ação sem ter uma boa história e um diretor competente. A direção de David Yates soa competente dentro da proposta dele mesmo, não é um trabalho espetacular, mas está cumprindo o que imagino que ele queria. Sarsgård vive um Tarzan competente e me impressionou como se entregou ao personagem e como ele faz sua evolução conforme o filme passa, e claro, a presença de Margot Robbie nos faz acreditar que 2016 será um ano muito bom para sua recente carreira

Acho que o filme me agradou em muitos aspectos que eu me julgo até "chato" de vez em quando, direção, roteiro e atuação me fazem acreditar que um filme pode ser muito melhor do que meros efeitos digitalizados. Não supera, para mim, o Greystoke: A Lenda de Tarzan, mas é um filme bom, entretenimento garantido e que seja bem vindo novamente o nosso velho amigo da floresta. 

Trailer do site:




Daniel Fontebasso
(Crítico e diretor de curtas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente: